O vice-governador Raul Henry esteve no Tribunal de Contas nesta quarta-feira (27) para fazer uma visita de cortesia ao presidente Carlos Porto. Ele explicou que estava em “débito” com o conselheiro porque não pôde comparecer à posse dele, ocorrida no último dia 07, em razão de encontrar-se fora de Pernambuco.

Receberam o vice-governador, além do presidente, os conselheiros João Campos, Dirceu Rodolfo, Teresa Duere e Ranilson Ramos.

Após a realização da audiência, que durou cerca de 30 minutos, o vice se colocou à disposição do TCE, para, disse ele, “dentro de minhas modestas possibilidades”, ajudá-lo no que for preciso. Carlos Porto agradeceu a visita e disse que o TCE estará sempre de portas abertas para atender aos seus jurisdicionados.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 28/01/2016