Dando seguimento ao seu roteiro de visitas às Inspetorias do interior, o presidente do TCE, Carlos Porto, esteve nesta quarta-feira (22) na unidade de Bezerros que tem como inspetor o auditor das contas públicas Paulo Ricardo Lins da Silva. Foi a quarta Inspetoria visitada por ele nos últimos sete dias, tanto para apresentar suas despedidas como também para fazer uma prestação de contas de sua gestão.

Tal qual fez quando da visita às Inspetorias de Arcoverde, Garanhuns e Petrolina, o presidente esteve acompanhado pelo diretor geral Gustavo Pimentel, a diretora de Gestão e Governança Teresa Moura e mais três assessores.

Pimentel apresentou um balanço da situação fiscal do TCE nos últimos dois anos, frisando que o órgão saiu da situação de “limite alerta”, à luz da Lei de Responsabilidade Fiscal e dos limites estabelecidos por ela para gastos com a folha de pessoal, para um quadro de absoluto equilíbrio.

Relatou também os avanços obtidos pela atual gestão no que toca à ampliação das instalações físicas do TCE, sendo a conquista mais importante a construção de um prédio multiuso na Rua da Aurora que vai abrigar 400 vagas de estacionamento como também o Arquivo e outros departamentos da instituição.

Teresa Moura, por sua vez, fez uma ampla abordagem sobre os avanços obtidos pelo TCE do ponto de vista institucional, salientando que um dos mais importantes foi a consolidação do processo eletrônico, que proporciona simultaneamente economia de tempo e de papel, bem como celeridade e segurança no envio das informações.

Antes da vista à Inspetoria, o presidente deu uma entrevista à rádio Globo FM de Caruaru que tem como âncora o jornalista Mário Flávio.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 22/11/2017