A procuradora-geral do Ministério Público de Contas de Pernambuco, Germana Laureano, e os procuradores Gustavo Massa e Ricardo Alexandre participaram de uma série de cursos, palestras e workshops sobre novos métodos de atuação para o combate à corrupção, que aconteceram nos últimos dias 20, 21 e 22 de março na cidade de Curitiba. A capacitação fez parte da programação do 1º Encontro Nacional do Ministério Público de Contas (Enampcon).

Além de identificar melhorias e novas formas de aumentar a eficiência da atuação dos MPCOs, o evento buscou debater o planejamento institucional e a criação de um modelo de gestão estratégica que permita o fortalecimento dos órgãos. As solenidades contaram com palestras do procurador do Ministério Público Federal (MPF) e coordenador da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol, e do juiz da 13ª Vara Criminal Federal de Curitiba, Sérgio Moro.

Em sua apresentação, o procurador do MPF falou sobre a atuação do órgão no combate à corrupção, destacando a importância do uso de ferramentas de análise de "big data" por parte dos MPCOs brasileiros. Esses mecanismos permitem o cruzamento de grande quantidade de dados contábeis, financeiros e orçamentários nas transações envolvendo órgãos públicos. "É possível, dentro dos limites legais e morais, inovar na gestão pública e contribuir para um melhor controle da administração pública", defendeu. 

A conferência foi organizada pela Associação Nacional do Ministério Público de Contas (Ampcon), com o apoio do Conselho Nacional de Procuradores-Gerais de Contas (CNPGC).

Gerência de Jornalismo (GEJO), 26/03/2018