Comunicamos aos jurisdicionados do Tribunal de Contas, bem como aos senhores advogados, que na próxima quarta-feira (19) a sessão do Pleno terá início excepcionalmente às 9h.

A Escola de Contas Públicas Barreto Guimarães promoveu, na manhã da última sexta-feira (14), a palestra Uso de Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPA) na Engenharia Civil, ministrada pelo perito da Polícia Federal, Rhassano Caracciollo Patriota. Mais de 50 servidores do setor de engenharia do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco estiveram presentes, além de dois participantes do TCE da Paraíba. 

A palestra foi realizada com o objetivo de introduzir a técnica de aplicação de drones para auxílio na fiscalização de obras e serviços em auditorias realizadas pelo Tribunal. Um curso de carga horário de 30 horas, com aulas práticas e teóricas, está previsto para acontecer ainda este ano, sem data definida. 

Um dos organizadores do encontro, o auditor de Controle Externo, Pedro Teixeira, explica que o uso dessas aeronaves aprimorará bastante os levantamentos de obras e quantificações de áreas e volumes. "O uso de novas tecnologias não só aumenta a possibilidade de auditoria, pois existem obras que não conseguimos inspecionar por limitações físicas, mas ajuda a fazer quantificações de locais de grande extensão por imagens aéreas através da aerofotogrametria", disse.  

Após a realização das capacitações, o TCE poderá contar com a ajuda dos drones, que são pequenas aeronaves não tripuladas guiadas por controle remoto, equipadas com câmeras de alta definição (HD). As imagens captadas possuem riqueza de detalhes e informações precisas. Além disso, podem explorar áreas inacessíveis por sua extensão, topografia ou locais que coloquem em risco as equipes de fiscalização.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 17/09/2018