Um grupo de universitários do curso de Ciências Contábeis da Faculdade Luso-Brasileira do município de Carpina visitou o TCE na última quarta-feira (12) para assistir a uma sessão do Pleno e participar de uma palestra na Escola de Contas Públicas Professor Barreto Guimarães.

O presidente Marcos Loreto dirigiu uma saudação aos estudantes e externou sua satisfação pela presença deles na sessão, onde foram julgados diversos tipos de recursos. O conselheiro Valdecir Pascoal também saudou a presença dos acadêmicos dizendo que contabilidade “tem tudo a ver” com o Tribunal de Contas, assim como a Lei de Responsabilidade Fiscal e a Lei de Acesso à Informação.

A visita de acadêmicos ao TCE é uma das políticas mais bem sucedidas pela Escola de Contas, que tem como diretor o conselheiro Ranilson Ramos. Em geral, eles vêm acompanhados por um professor e assistem a palestras sobre o papel constitucional dos Tribunais de Contas, como eles funcionam na prática, as ações que desenvolvem para evitar o desvio de recursos públicos, e também para combater a corrupção.

“Essa interação com o mundo acadêmico é positiva para os estudantes e também para o Tribunal, que assim se aproxima cada vez mão do cidadão”, disse o presidente Marcos Loreto.

Na ocasião, os estudantes de Carpina receberam informações sobre o funcionamento do Tribunal Pleno e das duas Câmaras, o papel do Ministério Público de Contas, as diversas modalidades de auditoria praticadas pelo TCE e o seu processo de interiorização através das Inspetorias do interior.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 17/09/2018