Servidoras do Departamento de Expediente e Documentação representam o TCE, nesta quinta (20) e sexta-feira (21), na oitava edição do Fórum Nacional de Bibliotecários e Arquivistas dos Tribunais de Contas – VIII Bibliocontas. O encontro, que acontece a cada dois anos, ocorre em Fortaleza no TCE-CE.

A diretora do DED, Maria do Socorro Felix, e as servidoras Maria Aparecida Alves, da Gerência da Biblioteca, e Jenai Maranhão, da Gerência de Arquivo do TCE-PE participam do evento, que promove maior integração entre as Unidades de Informação do Sistema Tribunais de Contas e a troca de experiências entre os servidores. Para este biênio, o tema será “Rede de Conhecimento: ambientes colaborativos informacionais".

A conferência de abertura foi ministrada pelo presidente do TCE-CE, conselheiro Edilberto Pontes que é também vice-presidente de Ensino, Pesquisa e Extensão do Instituto Rui Barbosa. Mesas redondas com palestras, debates e apresentações de casos exitosos e de inovação dos Tribunais de Contas compuseram a programação. Na ocasião, também aconteceu a redação da Carta de Compromisso dos integrantes.

"O Bibliocontas é um fórum de debates e troca de conhecimentos entre bibliotecários e arquivista muito importante nesse momento de tantas transformações que as tecnologias se impõem. Temos muito orgulho que o evento se consolidou, pois o primeiro encontro foi realizado em 2003 por iniciativa do TCE-PE", explicou Socorro Felix.

O fórum acontece um ano após a aprovação do Estatuto do Bibliocontas pelos profissionais de informação atuantes em unidades informacionais (Bibliotecas, Arquivos e Centros de Memórias) dos Tribunais de Contas e Órgãos afins dos Países de Língua Portuguesa e do Mercosul. O evento, de caráter social, cultural e científico, tem como meta a discussão e o aprimoramento de temas ligados à educação, ao desenvolvimento científico e prático da Biblioteconomia, Arquivologia e áreas afins, além do debate sobre as tendências atuais das áreas de atuação de seus membros. Este ano o encontro conta com a participação de profissionais de vários estados e representantes de Moçambique, Angola, Paraguai e Uruguai.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 21/09/2018