Por proposição do ministro Og Fernandes, o Superior Tribunal de Justiça aprovou, em sessão ordinária, um voto de pesar pelo falecimento do conselheiro do Tribunal de Contas de Pernambuco, João Carneiro Campos, ocorrido no dia 22 do mês de junho em decorrência de um infarto.

Ao homenagear o conselheiro, o ministro Og Fernandes, que é pernambucano, falou sobre a trajetória de João Campos como magistrado e integrante do colegiado do TRE de Pernambuco. “João era o homem do consenso, da busca da solução inteligente, mas, ao mesmo tempo, pacificador dos conflitos”, comentou o ministro.

O ministro também relembrou que em determinado momento os integrantes do Tribunal de Justiça de Pernambuco fizeram um movimento no sentido de que João Carneiro Campos postulasse sua candidatura como desembargador para uma vaga do quinto constitucional. “Isso demonstra o respeito e o apreço que conquistou tão jovem no âmbito do Judiciário”, ressaltou o ministro.

O voto de pesar foi aprovado por unanimidade pelos membros da Segunda Turma do STJ.  

Gerência de Jornalismo (GEJO), 09/08/2019