Informamos que durante a vigência das medidas de prevenção ao coronavírus, o atendimento telefônico da Informática ao público está sendo feito no horário das 8h às 14h. As demandas também podem ser enviadas pelo email atendimento@tce.pe.gov.br. 

O atendimento no setor de protocolo do TCE está sendo feito exclusivamente por meio digital. Para isso selecione a opção Consultar/Protocolar documentos no campo "PRINCIPAIS SERVIÇOS" neste site. Dúvidas pelo telefone 0800 281 7717 ou pelo email atendimento@tce.pe.gov.br.

Uma reunião na tarde desta quarta-feira (18) no Palácio do Campo das Princesas entre o governador Paulo Câmara e o presidente do Tribunal de Contas, Dirceu Rodolfo, definiu algumas ações que serão realizadas em conjunto pelo Poder Público e instituições para combater a propagação do Coronavírus em Pernambuco.

Entre os presentes, também estavam o conselheiro do TCE, Carlos Neves, os titulares das pastas estaduais de Saúde, André Longo, Planejamento e Gestão, Alexandre Rebêlo e Casa Civil, José Neto, o Procurador Geral do Estado, Ernani Medicis e o assessor técnico da presidência do TCE, Aldemar Santos.

No último dia 13 de março, o Tribunal de Contas criou um grupo de trabalho que estará permanentemente à disposição do Poder Público estadual e dos municípios, dando apoio técnico e construindo soluções mais rápidas para atender às premências que surgirão com os efeitos nefastos do Coronavírus em Pernambuco.

O governador Paulo Câmara expressou preocupação no que diz respeito às formalidades jurídicas e aos necessários rigores dos controles em situação normal, que são de observância obrigatória em situações normais, mas que, segundo ele, em um momento excepcional como este, “mostram-se inadequados”, afirmou.

Assim como o governador do Estado, o presidente do TCE, Dirceu Rodolfo, também demonstrou preocupação com a situação do Coronavírus em nosso Estado e as ações necessárias para barrar o avanço da epidemia. “O momento é de completa excepcionalidade, portanto, as urgências sociais e econômicas que se precipitam não podem esperar. Qualquer hora e qualquer minuto que se perde pode custar vidas e trazer efeitos econômicos que serão sentidos, sobremodo, pela população mais carente”, disse ele.

Dirceu Rodolfo reafirmou o compromisso do Tribunal de Contas com o Poder Público e com a sociedade, no sentido de atuar em conjunto com o Estado e com os municípios, de forma a encontrar soluções para enfrentar os efeitos da Covid-19 em Pernambuco.

”Num momento de extrema dramaticidade como este, os valorosos servidores do Tribunal de Contas envidarão todos os esforços para encontrar as modelagens legais e administrativas, mas consentâneas e efetivas, com o objetivo de minimizar as consequências da disseminação do Coronavírus em nosso Estado”, afirmou Dirceu Rodolfo.



Gerência de Jornalismo (GEJO), 18/03/2020