Suporte técnico a sistemas - segunda a sexta - 0800 281 7717 ou atendimento@tce.pe.gov.brdas 8h às 17h.

Ouvidoria - 0800 081 1027- segunda a sexta, das 7h às 13h ou ouvidoria@tce.pe.gov.br

 

O atendimento no setor de protocolo do TCE deverá ser feito por meio digital na opção "Consultar/Protocolar documentos"Dúvidas pelo telefone 0800 281 7717 ou pelo email atendimento@tce.pe.gov.br.

O Pleno do Tribunal de Contas aprovou, por unanimidade, um voto de aplauso pelos 165 anos do Real Hospital Português (RHP), comemorados neste dia 16 de setembro. A proposição foi da conselheira Teresa Duere.

Durante a homenagem, a conselheira fez um breve resumo da origem, história e da atual estrutura do RHP. “Uma coisa muito interessante é que o Hospital Português nasceu numa epidemia (de cólera) e se sobressai numa pandemia como a da Covid, sendo o hospital que mais atende, não apenas por planos de saúde, mas também pelo SUS, os casos de coronavírus”, destacou.

“É uma história que se mistura com o Recife e Pernambuco”, comentou a conselheira. 
Em nome do Provedor (cargo máximo no Hospital), Alberto Ferreira da Costa, Teresa Duere parabenizou todos os que compõem o RHP.

O conselheiro Ranilson Ramos que presidiu excepcionalmente a sessão, em substituição ao conselheiro Dirceu Rodolfo, aderiu ao voto, parabenizando o hospital, que para ele é uma referência nacional e está tendo um papel fundamental no combate ao coronavírus em todo Estado.  

O Ministério Público de Contas foi representado na sessão pela procuradora-geral, Germana Laureano e a Auditoria Geral, pelo conselheiro substituto Adriano Cisneiros.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 18/09/2020