Suporte técnico a sistemas - segunda a sexta - 0800 281 7717 e 081 98225-2906 das 8h às 14h, 081 98494-0031 das 12h ás 18h ou atendimento@tce.pe.gov.br das 8h às 18h.

Ouvidoria - 0800 081 1027- segunda a sexta, das 7h às 13h ou ouvidoria@tce.pe.gov.br

Protocolo - atendimento digital  acesse o site - “Consultar/Protocolar documentos” no campo "PRINCIPAIS SERVIÇOS". Em caso de dúvidas, procurar o suporte técnico a sistemas.

Comunicamos que as sessões de julgamento terão início a partir de 21 de janeiro.


O conselheiro Carlos Neves recebeu, nesta segunda-feira (21), uma homenagem da Câmara Municipal do Recife, em cerimônia realizada por meio de videoconferência, com transmissão ao vivo pelo canal do Youtube.

Ele foi agraciado, juntamente com o empresário pernambucano Pedro Schwambach, com a medalha do Mérito José Mariano, a mais elevada comenda concedida pela Casa Legislativa Municipal a recifenses que se destacaram por serviços prestados à cidade e à sociedade.

A solenidade foi acompanhada pelo presidente do TCE, conselheiro Dirceu Rodolfo, que compôs a mesa juntamente com outras autoridades presentes, pelos conselheiros Marcos Loreto, Ranilson Ramos e Valdecir Pascoal, pela procuradora-geral do Ministério Público de Contas, Germana Laureano, e por servidores do Tribunal. Familiares e amigos do conselheiro também estiveram presentes na reunião virtual.

A homenagem, proposta pelo vereador André Régis, foi aprovada no ano de 2018, época em que Carlos Neves atuava com destaque no Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil e na Escola Superior de Advocacia, onde exerceu o cargo de diretor geral.  

Ao entregar o diploma e a medalha, André Régis destacou várias qualidades de Carlos Neves, em especial, sua dedicação à profissão e excelente qualidade técnica como advogado. “Todos que militam na advocacia são testemunhas da capacidade de Carlos Neves de atender bem e de desempenhar suas funções sempre com um elevado padrão de excelência”, disse ele. “Por tudo que já fez pela advocacia e agora atuando de forma brilhante no Tribunal de Contas de Pernambuco, é merecedor dessa homenagem”, afirmou.

Ao agradecer a comenda, Carlos Neves falou do orgulho de ser merecedor “dessa grande honraria, que se confunde com a própria história da cidade do Recife”, afirmou. Ele relembrou os tempos de estudante na Faculdade de Direito do Recife, a época em que atuou na OAB-PE como advogado, e o recente ingresso no Tribunal de Contas de Pernambuco, onde foi nomeado conselheiro em agosto de 2018.

“Sigo eu com minha entrega ao Tribunal de Contas de Pernambuco, respeitando o contraditório, a ampla defesa, na busca pela verdade material, julgamento justo e imparcial das contas públicas, sempre na firmeza e na proteção ao erário, mas sempre compreendendo e respeitando os gestores eleitos pelo povo. Faço isso muito bem acompanhado por técnicos de qualidade, pelos companheiros de julgamento no Conselho, meus professores, e pelos advogados que lá atuam, numa atuação concomitante, que faz o Tribunal ser, ao mesmo tempo, fiscal, e indutor de políticas públicas, um Tribunal duro, mas pedagógico, pois essa é a função do novo tempo do TCE, hoje comandado pelo conselheiro Dirceu Rodolfo”, afirmou.

Carlos Neves também ressaltou a importância do respeito ao papel das instituições. “A institucionalidade é uma das marcas mais importantes do processo civilizatório. Cada um respeitando a constituição democrática que estabelece as competências e os limites. A institucionalidade é uma das marcas mais importantes do processo civilizatório. Sem institucionalidade, é balbúrdia, é bagunça, não é um processo de um estado democrático de direito”, disse.

E encerrou falando do orgulho de receber a homenagem. “Tenho muito orgulho dessa medalha, carregarei no peito sabendo que isso é o começo de mais uma obrigação com a cidade do Recife”, concluiu.

A sessão foi encerrada pelo presidente da Câmara Municipal do Recife, vereador Eduardo Marques, que parabenizou os homenageados e agradeceu a presença de todos.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 22/12/2020