O presidente do Tribunal de Contas de Pernambuco, no uso de suas atribuições legais, resolve: Portaria nº 263/2018 – Declarar dia sem expediente no Tribunal de Contas na data de 22 de junho próximo.

O presidente do TCE de Pernambuco, Marcos Loreto, participou em Brasília na última segunda-feira (05) de uma reunião com presidentes de 32 Tribunais de Contas do Brasil para a escolha da nova diretoria do colegiado. O encontro ocorreu no plenário do Tribunal de Contas do Distrito Federal.

O conselheiro José de Ribamar Caldas Furtado (TCE-MA) foi eleito, por unanimidade, para presidente do colégio em substituição ao conselheiro Sidney Beraldo (TCE-SP). Também foram eleitos o conselheiro Gilberto Jales (TCE-RN) para vice-presidente e a conselheira Yara Lins dos Santos (TCE-AM) para o cargo de secretária.

Além dos presidentes dos Tribunais estaduais e municipais, também participaram da reunião o presidente do TCU, ministro Raimundo Carreiro, o presidente da Atricon, conselheiro Fábio Nogueira (TCE-PB) e o então presidente do Instituto Rui Barbosa, conselheiro Sebastião Helvécio (TCE-MG).

Foi destacada na reunião a necessidade de uma integração cada vez maior entre os órgãos de controle para fazer a defesa do “sistema” Tribunais de Contas e lutar cada vez mais pelo aprimoramento do controle externo e o combate à corrupção.

ATRICON E IRB - No dia seguinte (06), Loreto participou de reuniões das diretorias da Atricon e do Instituto Rui Barbosa, das quais é um dos membros. Em relação à Atricon, foi a primeira reunião do ano sob a presidência do conselheiro Fábio Nogueira, que em fevereiro deste ano substituiu o conselheiro Valdecir Pascoal (TCE-PE).

No que toca ao Instituto Rui Barbosa, realizou-se a posse do novo presidente, conselheiro Ivan Bonilha (TCE-PR), em substituição ao conselheiro Luiz Helvécio, que ficou quatro anos à frente da entidade.

CONVÊNIO – Na ocasião, foi assinado um acordo de cooperação técnica entre a Atricon, o IRB e o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) visando ao estabelecimento de ações relativas à criação e utilização do módulo de controle externo para validação, pelos Tribunais de Contas, dos dados constantes do sistema de informações sobre orçamentos públicos em educação nos Estados, Municípios e no Distrito Federal.

Gerência de Jornalismo (GEJO), 07/03/2018